A pandemia do novo Coronavírus se disseminou pelo mundo e, com ela, as preocupações tomaram conta das conversas com familiares, colegas de faculdade e ambiente de trabalho. Tudo isso é natural diante de tantas incertezas e jornais repletos de notícias alarmantes, porém, devemos nos dedicar para não deixar que o baixo astral domine nossa vida e nossas mentes.

Para tentarmos manter uma rotina de trabalho e estudos minimamente saudável, a Faculdade São Francisco de Juazeiro reuniu neste post algumas dicas que podem ajudar você a preservar a sua saúde mental em um período tão delicado. Confira! 

 

1. Evite o excesso de notícias

Em tempos de pandemia na era da internet, novas informações e notícias ao redor do mundo chegam de minuto a minuto, e em diversos canais de comunicação. Mas é realmente necessário saber tudo o que está acontecendo e a todo tempo? A resposta é “não”!

Para evitar o excesso de informações, tente limitar a quantidade de vezes que você checa os sites de notícias. Duas vezes ao dia, ao acordar e antes de dormir, pode ser o suficiente. O objetivo é se manter informado com as principais novidades e manter a sua rotina sem maiores distrações. Não se sobrecarregue!

 

2. Aprenda algo novo

Sabemos que se distrair durante o isolamento social não é tarefa fácil, mas reservar reservar um espaço do seu dia para aprender totalmente novo pode ser estimulante. 

É momento de deixar de lado a velha desculpa de ““não tenho tempo para isso”, e aprenda as receitas daquele livro que está encostado no armário há algum tempo. Retome as aulas de violão ou, ainda, corra atrás do tempo perdido e se matricule em um curso para aprender um novo idioma. 

Sabemos que a rotina de estudos em casa consome boa parte da sua programação diária. Por isso, use os finais de semana para se dedicar a essas novas habilidades!

 

3. Converse com seus amigos e familiares com frequência

Trabalhar e estudar em casa pode ser desgastante nesta fase de quarentena. Para driblar a ansiedade, é muito importante se manter próximo das pessoas que ama para jogar conversa fora, trocar experiências ou compartilhar o que você tem aprendido. 

Experimente convidar os amigos para jogos online, faça videochamadas com entes queridos com frequência, proponha brincadeiras em frente à câmera etc. Use a criatividade para fazer esses momentos agradáveis, apesar das circunstâncias. Afinal, isolamento não é sinônimo de solidão, certo?

 

4. Use a quarentena para se dedicar a atividades que gosta

Nos horários livres, entre uma atividade doméstica e outra, você pode aproveitar a brecha na agenda para ler, jogar video-game, assistir a séries, ouvir um podcast interessante ou o que mais quiser fazer para passar o tempo fazendo algo que gosta.

Não tá afim de fazer nada? Tudo bem! Permita-se a, de vez em quando, observar o tempo passar sem ter a obrigação de ser produtivo sempre.

 

5. Estabeleça horários para as atividades rotineiras

Nada de dormir mais do que o necessário e de trocar a noite pelo dia, combinado? A falta de uma rotina estabelecida pode prejudicar a sua imunidade, o que afeta diretamente a sua saúde.

Procure acordar todos diariamente no mesmo horário e tente começar a manhã traçando todas as atividades que pretende realizar até o final da tarde. Inclua desde os compromissos de estudo e trabalho, como também as pausas para descanso, alimentação e as obrigações domésticas.

 

6. Faça exercícios para corpo e mente

Passar muitas horas dentro de casa nos faz acumular bastante energia, mas você não precisa (e nem deve!) quebrar a quarentena para se manter ativo. Arraste o sofá da sala para o lado e comece a se exercitar. 

Se estiver faltando motivação, todos os dias algum digital influencer que você acompanha deve estar compartilhando um treino com o personal trainer, meditações ou aulas de yoga. Inspire-se!

 

7. Ajude a quem precisa!

Estamos passando por uma fase bastante delicada, e muitos agora estão precisando de ajuda.

Se puder, se ofereça para ir ao mercado a pessoas do grupo de risco, prepare cestas básicas para moradores de rua ou, ainda, distribua itens de higiene e prevenção (sabão, máscara e álcool gel) em comunidades carentes. 

Assim, você ajuda a comunidade e recebe como recompensa a sensação gratificante que apenas um ato de solidariedade pode proporcionar.

Gostou das dicas para manter a saúde mental durante a pandemia? Então compartilhe com os amigos nas redes sociais!